Mulheres modelos top

Razões para conhecer o site Bella cia

2020.09.16 18:41 bellaciabr Razões para conhecer o site Bella cia

O Bella Cia é um site direcionado ao entretenimento adulto, conceituado no litoral de Santa Catarina onde é atuante desde 2011. O Site oferece anúncios de acompanhantes em todo o Brasil, atrizes pornôs, garotas de programa, modelos, massagistas, travestis, gays e casais. Todos os anúncios possuem fotos, dados pessoais e telefones particulares dos anunciantes para contato direto.
Este site vem inovando a cada ano, pelo seu sucesso no lindo litoral de Santa Catarina, conhecido por suas belas praias, belíssimas mulheres, baladas muito conceituadas e uma diversidade de entretenimento adulto.
Agora o Bella Cia almeja ampliar seu mercado. No ano passado (2019) o site buscou a melhor tecnologia para expansão, na atualidade as anunciantes têm total autonomia para criar os perfis e atualizá-los, mas existe uma preocupação com a qualidade do serviço prestado ao cliente final, apesar de muitas cidades no Brasil possuírem anúncios gratuitos, as anunciantes precisam se comprometer em atualizar os perfis e colocá-los no ar a cada 30 dias.
Na busca por uma acompanhante ideal o site tem muitas informações relevantes, o acesso é de fácil entendimento, com boas informações e rápido acesso a fotos e contatos, assim o cliente consegue fazer uma busca assertiva para realizar seus desejos sexuais.
Além de ser um site visualmente bonito, com lindíssimas acompanhantes de Luxo, ele ainda oferece um diferencial muito especial para seus visitantes. O Bella Cia conta com um processo manual de verificação de fotos, onde as meninas precisam comprovar a veracidade de seus perfis, assim os clientes mais exigentes podem entrar em contato somente com as acompanhantes que comprovarem ser as mesmas das fotos divulgadas.
Mas inovação mesmo está na busca por atrativos aos seus visitantes, hoje o Bella Cia conta com a possibilidade de seguir as anunciantes no site, viabilizando um contato mais próximo com as modelos preferidas, assim o cliente acompanha as atualizações de seus perfis e fica por dentro das novidades das acompanhantes.
O site também conta com um Blog, onde posta notícias, novidades e perguntas quentes com ensaio fotografico de modelos. Por fim, você que adora uma rede social vai amar a última novidade, o site contará com uma Timeline onde os seguidores poderão acompanhar de pertinho suas acompanhantes preferidas, que diariamente vão postar fotos provocantes.
Se você busca um site de acompanhantes que trabalha com inovação, lindíssimas modelos e acesso rápido a fotos e perfis, o Bella cia é o lugar certo! O site tem a acompanhante ideal para satisfazer seus desejos.
TOP CIDADES
Acompanhantes Balneário Camboriú
Acompanhantes Bluemanu
Acompanhantes Joinville
Acompanhantes Passo Fundo
Acompanhantes Ponta Grossa
Acompanhantes Itajaí
submitted by bellaciabr to u/bellaciabr [link] [comments]


2020.05.04 16:30 kamov172 (Nofap) uma reflexão sobre a masturbação

Olá a todos!
Eu queria deixar uma reflexão para todas as pessoas que têm um passado como o meu, quero deixar conselhos, e ajudar as pessoas que estão na mesma situação.
Vou começar por falar um pouco sobre mim.
Sempre fui um rapaz normal. Tinha o meu circulo social, amigos, familia, e levava uma vida como quase toda a gente. Estava nos meus 10-11 anos e como todos nós, comecei a interessar-me por sexo e por relações sexuais. Era aquela altura em que era um tema que nos interessava, e a certo ponto, todos nós, ou quase todos somos introduzidos à pornografia. Quem é que nunca viu vídeos pornográficos não é verdade ?
Pois bem, o que a maioria das pessoas não sabe é que ver pornografia torna-se um cancro. Por volta dessa idade comecei a masturbar-me, tal como todos nós e levei essa rotina durante anos.
Aquilo que muitos não sabem, é que o cérebro adapta-se a tudo. A pornografia é um atiçador em especial do nosso circuito de recompensa: a Dopamina. A dopamina é libertada quando fazemos algo que gostamos, é a substância do prazer. Os estimulos da pornografia estão disponiveis com um simples clique, podemos ter uma "nova parceira", qualquer um de nós pode ficar a clicar por horas e experimentar muito mais estimulos em dez minutos do que qualquer um dos nossos antepassados puderam experimentar durante uma vida inteira.
O consumo excessivo (sexo ou masturbação) é o sinal do nosso cérebro primitivo de que nós conseguimos alcançar o "prémio evolucionário", os estimulos constantes saturam e a descarga de dopamina que recebemos é cada vez menor. Quantos casos de pessoas há que vêm pornografia hardcore ? Isso não é ao acaso. No inicio a maioria das pessoas procura pornografia leve, mas com o passar do tempo evoluem para algo mais perturbante.
Mas o que é que torna a pornografia tão especial ? Eu explico. Ao contrário do vício em comida ou até drogas, onde temos sempre um limite para consumo, não existe nenhum limite p´ratico para o consumo de pornografia, e aí é que reside o problema.
Explicação à parte, agora dirijo-me para as pessoas que se masturbam compulsivamente e vêm pornografia a mais, por acaso têm estes sintomas?
- Impotência copulatória (disfunção erétil), ser capaz de obter uma ereção a masturbar-se e a ver pornografia mas não com uma parceira real ?
- Ansiedade social ?
- Ansiedade ? Depressão ?
Aquilo que eu quero que vocês percebam, é que hoje em dia há um enorme aumento de jovens que relatam ter algum tipo de disfunção erétil, e isso não é ao acaso, o fácil acesso à pornografia faz com que tenhamos uma anestesia ao prazer. Eu próprio passei por isso, quando tive a minha primeira vez senti imensa dificuldade em ter uma ereção, já me aconteceu ele nem sequer levantar, o que as pessoas não associam é ao facto de que a maioria destas pessoas, inclusive eu, vêm demasiada pornografia e masturbam-se demais.
O Nofap é um movimento que foi criado depois de algumas pesquisas e estudos sobre a pornografia e o efeito que tem no nosso cérebro. O Nofap NÃO É um movimento que proíbe a masturbação, a masturbação NADA tem de mal, excepto, quando é praticada em demasia, e pior ainda quando é praticada com PORNOGRAFIA.
Os sintomas que muitas pessoas sentem, apesar de às vezes não se aperceberem deste problema/vício, é que 90% das pessoas que têm esta rotina ou tiveram durante anos têm graves problemas sociais, problemas psicológicos, falta de motivação, afinal, porque é que devemos ir atrás de parceiras reais quando podemos estar na cama, masturbar e ao mesmo tempo ver aquelas modelos top ? Quantos de vocês que levam esta rotina é que têm uma vida sexual ativa ? Quase nenhum certo ?
Esta é a minha experiência. Aos 16 anos descobri o Nofap, pesquisei, ví vídeos, artigos, li diversas opiniões e de certa forma relacionei-me com o problema que foi exposto, o consumo excessivo de pornografia e masturbação excessiva, e o modelo que o Nofap propõe para dar aquilo que o movimento chama de "Reboot" é parar durante 90 dias a masturbação e parar de ver pornografia.
A verdade é que muitas só percebem que têm um problema/vício quando tentam parar, e esse foi o meu caso. Nessa altura consegui passar mais ou menos 50 dias sem masturbação e pornografia, admito, foi díficil, e muitos de vocês podem brincar com isto, mas eu não me importo, aquilo que muitos brincam para outros pode fazer uma diferença brutal, senti uma melhora significativa nas minhas interações sociais, senti menos ansiedade, mais confiança, e sobretudo ao fim de tanto tempo sem masturbação e pornografia comecei a sentir que as mulheres na vida real me excitavam muito mais do que antes.
E isto deve-se a quê ? Quando paramos a masturbação e pornografia cortamos pela raiz uma das maiores fontes de dopamina. E nós somos caçadores de dopamina por excelência. É para isso que vivemos, é para isso que acordamos. Quando acabamos um projeto que nos demorou imenso tempo recebemos uma recompensa, a dopamina, e é isso que nos mantém motivados, focados para ter aquilo que queremos. Quando nos masturbamos e vemos demasiada pornografia recebemos tanta mas tanta dopamina que sentimos como se nada tivessemos a alcançar, afinal, eu consigo obter tanta satisfação sem fazer nada, porque raio haveria eu de ir atrás dos meus objetivos ? Quando cortamos esta fonte de dopamina, principalmente a satisfação sexual que é proveniente da masturbação e da pornografia, ao fim de um tempo o nosso cérebro adapta-se, e como seres sexuais que somos, estamos constantemente à procura de sexo, é natural. Percebam a diferença, quando nos masturbamos e vemos pornografia não temos a minima vontade de ir atrás de uma parceira real, quando cortamos essa rotina, aos poucos a sensibilidade volta, e começamos a prestar mais atenção às mulheres.
O que eu quero dizer é, a masturbação é saudável, quando praticada moderadamente.
A grande verdade é que a pornografia de nada trás de bom. Nunca pensaram porque é que a pornografia é grátis ? É fácil de chegar a uma conclusão.
Aquilo que vos quero dizer no fundo é que espero que este tópico por ser longo espero que ajude as pessoas que estão neste problema, e que comecem a ter noção de que a pornografia e a masturbação excessiva é prejudicial, e trás consequências.
https://www.youtube.com/watch?v=wSF82AwSDiU
Têm aqui um vídeo de um especialista que explica muito bem o que a pornografia muda no nosso cérebro, é uma palestra interessante e deviam ver.
Obrigado por lerem.
Cumprimentos.
submitted by kamov172 to desabafos [link] [comments]


2018.12.15 01:59 taish Guarda-roupa para mulheres trans, uma conversa

Pra acompanhar o belíssimo post do Marsh sobre transicionar as roupas dos meninos, vou deixar aqui pras meninas umas coisinhas que aprendi pelo caminho ^ ^ Não é muito, e o título do post é mais abrangente do que deveria, mas lembro de estar super perdida e querendo encontrar qualquer material trans-friendly. Ainda tenho imensas lacunas nessa área, então deixem suas dicas e hacks também!
O formato mais comum de corpo nas mulheres trans é o "triângulo invertido": ombros largos, quadril pequeno. Esse é um biotipo comum entre mulheres cis também, e não tem nada de errado com ele — porque todos os corpos são lindos <3 Mas às vezes a disforia se atravessa, e nesse caso, com estilo se resolve. Então várias dessas dicas são pensando em equilibrar o visual e deixar a silhueta mais harmônica.
Enfim, a dica mais importante: encontrem o estilo de vocês! Descubram as peças, estilos e cores que caem bem, e que vocês se sentem bem, bonitas e confiantes, porque esse é o objetivo.
E pra quem ficou com calafrios ao ler o post, nada de pânico! Dá pra viver full-time com um jeans, um all-star e um par de camisetas, e ir adicionando peça a peça, aos pouquinhos. Comecei assim, inclusive! Como todas as partes da transição, vai-se aos poucos, descobrindo no trajeto, que assim é que é legal.
E vocês, o que descobriram, quais suas peças preferidas? Deixem suas dicas também, e boa aventura!
submitted by taish to transbr [link] [comments]


2014.11.21 02:21 i_like_frootloops Da relação entre comprar um iPhone e acessar o Reddit. A interpretação de um chato. (Texto original, longo)

Disclaimers:
Segunda feira, 18h, estação da Luz em São Paulo, plataforma da Linha 4 Amarela sentido Butantã. A plataforma está lotada, pessoas de todos os tipos. Homens e mulheres, crianças, jovens, adultos, idosos, pessoas cansadas, pessoas lendo, pessoas vivendo as suas próprias vidas enquanto esperam o metrô para dar prosseguimento a elas.
Você está diretamente em frente à porta de vidro quando o metrô chega, como de costume, você espera um passar para poder ir sentado, entra calmamente no vagão e se senta em seu banco preferido, aquele que te dá um caminho direto até a porta quando alcançar seu destino. Você se acomoda junto de sua mochila, enquanto a correria e caos acontecem com pessoas querendo sentar. Ao seu lado senta uma mulher, possivelmente em seus 25 anos. Ela conversa com sua amiga, aparentemente de mesma idade, que se sentou à sua frente. Sem fones de ouvido, ou paciência para ler algo no barulho, você abre o Reddit no celular enquanto ouve pessoas falando ao seu redor.
"Você realmente vai trocar de celular?", a mulher sentada à sua frente fala.
A que está ao seu lado responde que sim, o dela está velho e novo iPhone está para ser lançado no Brasil. Em um olhar rápido para longe da tela de seu celular, você vê a mulher ao seu lado segurando um iPhone 5 sobre sua bolsa. A conversa prossegue e a que fez a pergunta inicial questiona se é realmente necessário trocar o celular dela por um novo. A resposta vem e fica marcada em seus ouvidos.
"Mas é claro, a graça do celular está na exclusividade, ninguém vai ter o 6. Ter um é o tipo de coisa que te torna melhor, diferente."
Você, de um estado de curioso interesse passa para a perplexidade, e que rapidamente se transforma em raiva e indignação. Já ouvimos falar de pessoas que pensam assim, já as vimos em vídeos do Youtube, ou lemos sobre elas na internet. Contudo, ouvir esse tipo de coisa ao seu lado te faz tomar um sucker punch, ninguém espera ouvir esse tipo de coisa, tão vazia, tão fútil, tão...
Tão ser humano.
Mude o contexto, ao invés de estar ouvindo à conversa de duas mulheres no metrô, você está com seus fones de ouvido enquanto passeia pelo Reddit. Você entra no /mildyinteresting e o top post consiste em um jogo de palavras cruzadas de algum jornal em que a palavra 'reddit' era uma das respostas. Nos comentários algumas pessoas comentam sobre como o Reddit não é mais seu clubinho secreto. Ou ainda, você entra no /brasil e vê uma série de comentários que de pessoas falando que não gostariam de ter mais brasileiros entrando no Reddit.
A orkutização é o principal argumento. Oras, brasileiros cagam por qualquer comunidade online pela qual passam. Orkut, Facebook, Twitter, servers de MMORPG's, servers de FPS, ZápiZápi, etc. Oras, "o /brasil é o último bastião de debates em PT-BR inteligentes na internet!!1!", por que não se deveria compactuar da ideia?
Realmente, comunidades em que o brasileiro médio põe a mão vão para a cucuia e basta olhar para o /brasil e ver o nível dos debates e posts. Porra, não tem como duvidar desse argumento. Fato constatado!
A questão é, o que está por trás desse tipo de discurso?
Simples, a vontade de ser diferente, a vontade de pertencer à um seleto grupo de brasileiros que tem acesso a algo que uma maioria não tem.
E qual o problema disso? Qual o problema em querer exclusividade? É isso que você deve estar se perguntando, não são culpados.
Fato é que não existe um problema real, o que é existe é uma vontade de se auto-afirmar por meio daquilo que possui, mostra ou, faz parte. Não há problema algum em querer um novo celular, não problema em querer ser parte de uma comunidade diferenciada, contudo achar que só porque tem o último modelo do iPhone ou faz parte do Reddit, você é uma pessoa melhor, uma pessoa mais inteligente ou coerente que outras. A vontade de ser diferente está intimamente ligada à de ser melhor de alguma forma. Se sentir mais bem visto por ter um celular, ou se sentir mais inteligente por fazer parte de uma comunidade diferenciada não significa que isso seja verdade, da mesma forma que não significa que isso seja mentira. Todavia, se deixar levar por esse elitismo de que você é melhor simplesmente por teparticipar de algo.
submitted by i_like_frootloops to brasil [link] [comments]